Logotipo da Cáetdra Cátedra de Estudos Sefarditas
Alberto Benveniste

Universidade de Lisboa

Cátedra de Estudos Sefarditas
Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
Alameda da Universidade
1600-214 Lisboa
Telef. +351 21 792 00 00 (ext. 317)
cesab@letras.ulisboa.pt

Cátedra "Alberto Benveniste" » Série monográfica

Série monográfica

Poderá adquirir os exemplares pretendidos nas instalações da Cátedra de Estudos Sefarditas dentro do horário de funcionamento (quarta-feira e quinta-feira, 12.00-15.00) ou solicitar o envio através do endereço electrónico cesab@letras.ulisboa.pt.

A "Série monográfica Alberto Benveniste" integra estudos originais ou reedita bibliografia já esgotada que,no decurso do tempo, permanece como relevante para o estudo das comunidades sefarditas portuguesas. Em 2016, começando no número 8, os volumes editados passam a estar sujeitos ao sistema de arbitragem científica de double blind peer review.


The Materials of the Image



Encomendar

+ Afonso, Luís (coord.)

Luís Urbano Afonso
Born in 1972. Teaches at the Faculdade de Letras of the Universidade de Lisboa since 1997. Teaches courses on Medieval Art, Iconography/Iconology, Painting Studies and Art Markets. Author of the books Convento de S. Francisco de Leiria. Estudo monográfico (2003), O Ser e o Tempo. As Idades do Homem no Gótico Português (2003) and A Pintura Mural Portuguesa entre o Gótico Internacional e o Fim do Renascimento: Formas, Significados, Funções (2009). Editor of the book Out of the Stream. Studies in Medieval and Renaissance Mural Painting (2007). Has published in several journals including The Medieval History Journal, Artis, Monumentos, eHumanista. Journal of Iberian Studies, Mediterranean Studies, Mínia, South African Journal of Art History, International Journal of Conservation Science, Património/Estudos, Almansor, and Mitteilungen der Carl Justi Vereinigung. Member of the advisory board of the art history journals Goya. Revista de Arte, South African Journal of Art History and Artis.

+ Índice

PART I – STUDIES
Chapter One: New developments in the study of O livro de como se fazem as cores das tintas, LUÍS U. AFONSO
Chapter Two: Old Portuguese in Hebrew script: beyond O livro de como se fazem as cores, DEVON L. STROLOVITCH
Chapter Three: The context of the O livro de como se fazem as cores: late mediaeval artists’ recipes books (14th–15th centuries), MARK CLARKE
Chapter Four: Em busca da origem das cores de “O Livro de Como se Fazem as Cores”: sobre as fontes de um receituário português medieval de materiais e técnicas de pintura, ANTÓNIO J. CRUZ
Chapter Five: Notas sobre a língua do Livro de como se fazen as cores (ms. Parma 1959), IVO DE CASTRO
Chapter Six: “Acordar as cores…”: os pigmentos nos contratos de pintura portuguesa dos séculos XVI e XVII, VÍTOR SERRÃO
Chapter Seven: Preparação e imprimitura: a matéria invisível, VANESSA ANTUNES, ISABEL D. SANTOS
Chapter Eight: Sobre um tratado inédito de pintura da primeira metade do século XVII: o Breve Tratado de Iluminação, composto por um religioso da Ordem de Cristo, ANTÓNIO J. CRUZ, PATRÍCIA MONTEIRO
Chapter Nine: On Wings of Blue: the history, materials and techniques of the Book of Birds in Portuguese scriptoria, ADELAIDE MIRANDA, ANA LEMOS, CATARINA MIGUEL, MARIA J. MELO
Chapter Ten: Theory vs practice: synthesis of white lead following ancient recipes, PAULA M. GONÇALVES, JOÃO PIRES, ANA P. CARVALHO,
MARIA H. MENDONÇA, ANTÓNIO J. CRUZ
Chapter Eleven: Theory vs practice: synthesis of red lead following ancient recipes, PAULA M. GONÇALVES, JOÃO PIRES, ANA P. CARVALHO,
MARIA H. MENDONÇA, ANTÓNIO J. CRUZ

PART II – SOURCES
Chapter Twelve: O libro de komo se fazen as cores das tintas todas (Transliteration), DEVON L. STROLOVITCH
Chapter Thirteen: O libro de komo se fazen as cores das tintas todas (Translation), DEVON L. STROLOVITCH
Chapter Fourteen: Breve Tratado de Iluminação composto por um religioso da Ordem de Cristo
PATRÍCIA MONTEIRO, ANTÓNIO J. CRUZ,

Preço: 13 euros

Scrigni della memoria. Arquivos e Fundos Documentais para o estudo das Relações Luso-Italianas



EncomendarNunziatella Alessandrini, Susana Bastos Mateus, Mariagrazia Russo, Gaetano Sabatini (orgs)

+ Índice

Prefácio – Maria de Lurdes Rosa
Introdução – Nunziatella Alessandrini, Susana Bastos Mateus, Mariagrazia Russo, Gaetano Sabatini

Parte I – Arquivos eclesiásticos e arquivos de família

Nunziatella Alessandrini, L’archivio della Chiesa di Nostra Signora di Loreto della Nazione Italiana a Lisbona
Luísa Colen, Duas igrejas, dois povos, uma história comum: Memórias da presença italiana no arquivo da Igreja da Encarnação
Francisco de Almeida Dias, Monsenhor José De Castro - A História De Portugal Em Roma
Irene Fosi, Una famiglia romana e il Portogallo nel Seicento: note e documenti dall’Archivio Orsini
Tiago Henriques e Miguel Ribeiro Pedras, Itália e o Arquivo da Casa de Louriçal: personagens e colecções num arquivo de família
Rui Mendes, Câmara Eclesiástica De Lisboa: Contributos para o estudo da presença dos italianos e famílias de origem italiana na região de Lisboa (séculos XVI, XVII e XVIII)
Luíz Saldanha Lopes, O Arquivo da Real e Venerável Irmandade do Santíssimo Sacramento da Paróquia de Santo André de Mafra e os Artistas Italianos na Real Obra

Parte II – Arquivos e Bibliotecas Nacionais

Carmine Cassino, Para um estudo dos Italianos em Portugal nos arquivos de Lisboa e Nápoles (primeira metade do século XIX)
Gonçalo Nemésio, Os Sumários Matrimoniais da Câmara Eclesiástica de Lisboa (C.E.L.) e o Registo Geral de Testamentos (R.G.T.) (I.A.N. /T.T.). Fontes para o estudo dos italianos que passaram a Portugal
Pedro Pinto, A “Itália” e os italianos nos fundos manuscritos da Biblioteca Nacional de Portugal: uma aproximação
Mariagrazia Russo, Um percurso através dos manuscritos de interesse para a cultura portuguesa nos fundos da Biblioteca Nazionale Centrale “Vittorio Emanuele II” de Roma

Preço: 13 euros

Queimar Vieira em Estátua. Manuscritos inéditos do Inquisidor António Ribeiro de Abreu sobre o funcionamento da Inquisição em resposta ao Pe. António Vieira



Encomendar

+ Herman Prins Salomon

Prefácio de António M. Feijó

+ Índice

Palavra prévia..................................................11

Prefácio........................................................15

Introdução......................................................19

Apenso I - As cartas do Inquisidor de Coimbra João Pais do Amaral para o Inquisidor de Lisboa, António Ribeiro de Abreu.......................................................83

Apenso II - Oito "exames", ou seja, confrontações entre o inquisidor António Ribeiro de Abreu e o réu António Monteiro: 13 de Julho de 1734 - 27 de Outubro de 1734..........................................................93

I - [Resposta ao livro Notícias Recônditas e Póstumas do P. António Vieira] [1738-1740]...................................133

II - [Resposta ao livro Notícias Recônditas e Póstumas do P. António Vieira] [1743-1744]....................................239

Apêndice - Título e Preâmbulo do Livro 176 do Conselho Geral (versão abreviada do "Papel 1743")............................................721

Index do autor...........................................723

Bibliografia..............................................751

Noticias Reconditas y Posthumas [Londres], 1722 [Fac-simile]....................................................761

Índice Geral................................................839

Preço: 30 euros

O livro e as interações culturais judaico-cristãs em Portugal no final da Idade Média



Encomendar

+ Luís Urbano Afonso e Paulo Mendes Pinto (orgs.)

Luís Urbano Afonso e Paulo Mendes Pinto

+ Índice

Introdução.........................................................9

Questões Gerais

- Aires A. Nascimento
Ler e contemplar: instrumentalidade do livro ocidental na construção de si mesmo.......................................................17

- José Augusto M. Ramos
Iluminura hebraica e contextos bíblico-bibliográficos medievais....................................................43

- Manuela Santos Silva
Os Judeus e a Cultura de Corte em Portugal (séculos XIV e XV)..........................................................67

- Margarida Garcez Ventura
Judeus, conversos e «tornadiços» na esfera do poder régio........................................................79

- Paulo Mendes Pinto e Susana Mateus
O quattrocento ibérico, ou o desenvolvimento da impossibilidade do convívio entre Judeus e Cristãos.......................................................99

- João Castela Oliveira
A produção de incunábulos hebraicos em Portugal nos finais do século XV.......................................................119

- Horácio Augusto Peixoto
A iluminura portuguesa no século XV.......................................................145

- Catarina Fernandes Barreira
A iluminura portuguesa no século XV e o missal alcobacense 459 .........................................................161

- Maria Adelaide Miranda e Luís Campos Ribeiro
Foreign 15th century illuminated manuscripts in Portugal: a survey...................................................191

Interações culturais

- Ana Maria S. Tarrío
Burlas hebraicas e verdades latinas. Álvaro de Brito Pestana e as Lamentações de Jeremias..............................................217

- António Costa Canas
As tábuas astronómicas de Abraão Zacuto e as navegações oceânicas.............................................235

- Luís Urbano Afonso
A Escola de Lisboa no contexto dos manuscritos sefarditas iluminados tardo-medievais.....................................................263

- Tiago Moita
The Portuguese and Italian illumination and the acanthic borders from the Hebrew manuscripts of Lisbon..........................................................309

- Miguel Metelo de Seixas
Heráldica em manuscritos iluminados hebraicos portugueses: uma primeira abordagem............................................................331

- Paula Freire Cardoso
A iluminura no Mosteiro de Jesus de Aveiro e as eventuais relações com a Iluminura Hebraica no século XV..........................................................367


Preço: 13 euros

Mendes Benveniste: Uma família sefardita nos alvores da Modernidade



EncomendarSusana Bastos Mateus e Carla Vieira (coordenação)

+ Índice

Prefácio, por Maria de Fátima Reis............................9

- Susana Bastos Mateus
Lisboa - "rainha de um vasto Oceano"..........................13

- Nunziatella Alessandrini
"Todo esta asentado" - parcerias comerciais na Lisboa de Quinhentos ............................49

- Carla Vieira
Antuérpia - "o mais célebre empório de toda a Europa".....................................59

- Susana Bastos Mateus
Ferrara - o "mais seguro porto de Itália".........................85

- Laura Graziani Secchieri
Palazzo Magnanimi...........................................107

- António Manuel Lopes Andrade
"Nosso desejo tão inclinado ao seu serviço" - a geração de ouro do humanismo português e a actividade mecenática dos Mendes Benveniste.................................................115

Epílogo....................................................141

Preço: 25 euros

Los Diálogos de amor de León Hebreo en el marco sociocultural sefardí del siglo XVI



Encomendar

+ NOVOA, James Nelson

Licenciado em Filosofia (1997) em Valência, é doutorado em Língua e Literatura Espanhola pela mesma universidade. O seu trabalho final teve como título: Los Diálogos de Amor de León Hebreo como texto sefardí y como texto Renacentista. Entre 2000 e 2003 trabalhou na elaboração de um estudo com o qual obteve um Doutoramento Europeu (escrito em Italiano e Espanhol com a co-orientação do Professor Doutor Michele Luzzati da Universidade de Pisa, Itália). A dissertação apresentada em Julho de 2003 teve por título: Los Diálogos de Amor de León Hebreo en el marco sociocultural sefardí en el siglo XVI. De Outubro de 2004 a Julho de 2005 recebeu uma bolsa de investigação da Fundação Calouste Gulbenkian para um projecto de investigação intitulado "As bases da nação judaica portuguesa em Livorno, Veneza e no Médio Oriente".

+ Índice

Introducción
Parte primera: Encuadramiento general de León Hebreo en el exilio sefardí del siglo XVI
Capítulo 1: León Hebreo: datos biográficos y contextos
Capítulo 2: El asentamiento del exilio sefardí en Italia después de 1492 y 1496
Parte segunda: Los judíos entre Venecia y la Sublime Puerta
Capítulo 1: La creación del Ghetto Vecchio y los judíos levantinos
Capítulo 2: La diáspora sefardí en Levante
Capítulo 3. La producción literaria sefardí en Venecia en los siglos XVI y XVII: el eclipse de Venecia como centro cultural sefardí
Parte tercera: Encuadramiento de la redacción de los Diálogos de amor y primera recepción
Capítulo 1: El problema de la tradición manuscrita y de la editio princeps
Capítulo 2: Los Diálogos de amor y la lengua literaria en Italia a comienzos de los Quinientos
Capítulo 3: El problema de la lengua original
Capítulo 4: La reacción a los Diálogos de amor en los siglos XVI y XVII
Parte Cuarta: El judeo-español, la literatura aljamiada y el ms. Or. Gaster 10688
Capítulo 1: La situación lingüística de los sefardíes en la Península Ibérica en las vísperas de la expulsión
Capítulo 2: La expulsión y la formación de la koiné judeoespañola
Capítulo 3: La producción aljamiada sefardí
Capítulo 4: El ms. Or. Gaster 10688 y el aljamiado del siglo XV
Parte Quinta: La edición veneciana de traducción de los Diálogos de amor y su recepción
Capítulo 1: La edición veneciana de los Diálogos de amor y de las Opiniones sacadas de los más auténticos philósofos que sobre la alma escrivieron y sus definiciones de 1569
Capítulo 2: el opúsculo filosófico las Opiniones sacadas de los más auténticos y antigos philósofos que sobre la alma escrivieron y sus definiciones
Capítulo 3: Aspectos lingüísticos de la edición de 1568
Capítulo 4: La emisión de los Diálogos de amor en 1598 y su relación con la edición de 1568
Capítulo 5: La edición de la traducción de Yahia en el encuadramiento de los mecanismos de la imprenta y de la censura en Venecia durante el Quinientos
Capítulo 6: La suerte de la traducción de Guedellah Yahia
Parte sexta: Problemas textuales, comparación de las traducciones españolas con el texto italiano de los Diálogos de amor y conclusiones globales
Primer capítulo: Consideraciones textuales acerca del texto italiano y los dos testimonios de la traducción en lengua española
Capítulo segundo: Reflexión global sobre los dos testimonios
Tercer capítulo: Los Diálogos de amor de León Hebreo y su recepción como retrato del mundo sefardí del siglo XVI
Apéndice
Bibliografía
Índice onomástico
Índice de obras

Preço: 30 euros

Le nove son tanto e tante buone, che dir non se pò. Lisboa dos Italianos: História e Arte (sécs. XIV-XVIII)



Encomendar

+ Nunziatella Alessandrini, Pedro Flor, Mariagrazia Russo, Gaetano Sabatini (orgs.)

O presente volume recolhe um conjunto de estudos no âmbito de novas pesquisas sobre as relações luso-italianas entre o final da Idade Média e a Época Moderna. A variedade das abordagens apresentadas no primeiro volume, Di buon affetto e commerzio. Relações luso-italianas na Idade Moderna (CHAM, 2012), revelou que muito havia para investigar nesse sentido, da arte à religião ou do comércio à medicina.
Deste modo, além de se concretizar numa lógica de continuidade de um discurso iniciado em 2011, este segundo volume pretende focar-se sobre a cidade de Lisboa, seguindo o rasto deixado pela presença italiana nela residente ou de passagem, numa tentativa de reconstruir a memória da Arte, do Património e da História da Lisboa italiana entre os séculos XIV-XVIII.

+ Índice

Prefácio, por A. A. Marques de Almeida..............................9

Introduzione, por Gaetano Sabatini..................................13

I Parte - História

- Giulia Rossi Vairo
La Lisbona di Manuel Pessanha....................................19

- Francesco Guidi Bruscoli
Bartolomeo Marchionni: um mercador-banqueiro florentino em Lisboa (séculos XV-XVI).................................................39

- James Nelson Novoa
Portugal em Roma e Roma em Portugal. Os notários do Tribunal do Auditor Camera como fonte para a história de Portugal através de alguns documentos.............................................................61

- Ana Isabel Buescu
Livros italianos na grande livraria dos duques de Bragança na primeira metade do século XVI: uma presença de destaque........................................................77

- Pedro Lage Reis Correia
De passagem para o Oriente: a Lisboa de Alessandro Valignano (1573/1574)........................................................95

- Nunziatella Alessandrini e Pedro Flor
Indícios, sinais e moradas dos Italianos "estantes" em Lisboa (séc. XVI)...............................................................103

- Mariagrazia Russo
Impressores italianos na Lisboa Pombalina.........................................................123

II Parte - Arte

- Susana Varela Flor
A entrada do Núncio Apostólico em Lisboa (1693)........................................................137

- Maria João Pereira Coutinho
A permanência de Giovanni Vincenzo Casale em Portugal e o seu contributo para a produção de obras de embutidos de pedraria policroma na segunda metade de Seiscentos.....................................................159

- Teresa Leonor M. Vale
Os Garvo, uma família de artistas italianos em Lisboa e o seu papel no contexto da arte portuguesa de Seiscentos e Setecentos......................................................175

- Giuseppina Raggi
Lasciare l'orma: os passos de Filippo Juvarra na cidade de Lisboa...........................................................189

- Isabel Mendonça
Paolo Dardani (1726-1789): o pintor de batalhas que viu baleias no Tejo............................................................219

- M.ª Alexandra T. Gago da Câmara
Desenhar para os Teatros em meados do século XVIII: os trabalhos de Giovannio Carlo Sicinio Bibiena em Lisboa (1752-1760)............................................................239

Preço: 13 euros

Estudos de História - Finanças e Mentalidades



EncomendarAntónio Augusto Marques de Almeida

+ Índice

Sinais Gravados Noutros Sinais ou História e Legibilidade do Mundo. Um Discurso a Dois Tempos com Mudança de Paradigma..............11

O zangão e o mel. Uma metáfora sobre a diáspora sefardita e a formação das elites financeiras na Europa (séc. XV-XVII)..............29

Dívida Pública, Dinheiro e Crédito no financiamento das armadas da Índia entre 1580 e 1640..............................47

Pedro Nunes e a formação dos conceitos na Ciência das Descobertas.................................. 61

Inovação e resistência na prática científica no Portugal das Descobertas.....................................71

Recepção e Difusão da Informação Científica no Portugal Quatrocentista. Algumas Questões de Método..........................85

Algumas questões sobre a matematização da História. Certezas provisórias e equívocos constantes............................95

A Evolução da Economia Portuguesa de 1450 a 1550..........................113

Aritmetização do Real na Sociedade Portuguesa (séculos XVI-XVII)..................................131

O Perdão Geral de 1605..........................................149

A Aritmética Comercial em Portugal nos Séculos XVI e XVII....................................163

O uso da numeração escrita e falada em fontes documentais portuguesas dos séculos XVI e XVII.......................................201

Colaboração no Dicionário de História dos Descobrimentos Portugueses................................233

Preço: 20 euros

Con gran mare e fortuna. Circulação de mercadorias, pessoas e ideias entre Portugal e Itália na Época Moderna



Encomendar

+ Nunziatella Alessandrini, Susana Bastos Mateus, Mariagrazia Russo, Gaetano Sabatini (orgs.). Marco Spallanzani (pref.)

O presente volume, o 3.º num percurso que quer aprofundar o estudo das relações luso-italianas nos séculos XV-XVIII nas suas vertentes mais abrangentes, surge assinalado por duas palavras, Mar e Fortuna, nas suas acepções de força e, ao mesmo tempo, de fraqueza e de limitação. A extensão oceânica dos domínios castelhanos e portugueses, nos finais do século XV, ampliou o espaço de intervenção das monarquias ibéricas à África, à América e à Ásia, e o mar, elemento geográfico que marca o avanço económico europeu, determina a importância das cidades portuárias localizadas ao longo das costas atlânticas e mediterrânicas que, a partir da segunda metade do século XVI, se tornam pólos de atracção para as actividades de operadores comerciais oriundos de várias partes da Europa. Recentemente surgiram importantes contributos historiográficos no que diz respeito ao conhecimento das transacções comerciais e à circulação de mercadorias entre a Itália e Portugal, resultando num quadro extremamente rico sobre os mercados europeus. Por outro lado, tem sido destacada a ampla circulação de indivíduos que acompanham estas movimentações, não apenas os mercadores mas também outros grupos, como os eclesiásticos ou os agentes diplomáticos. Estes indivíduos levavam consigo mercadorias - muitas delas oriundas dos distantes espaços geográficos que compunham os impérios ibéricos - e também ideias. Assim, circulavam diferentes gostos, diferentes sensibilidades religiosas e culturais, notícias e novidades de todo o tipo, teorias políticas e económicas, que concorriam para a criação de um universo intelectual mais complexo e polissémico.





+ Índice

Prefácio, por Marco Spallanzani

Introdução, por Nunziatella Alessandrini, Susana Bastos Mateus, Mariagrazia Russo e Gaetano Sabatini

I parte: Circulação de mercadorias

- Joana Sequeira
Michele da Colle: um mercador pisano em Lisboa no século XV

- Pedro Flor
The importation of Italian sculptures to Portugal: the case of the Della Robbia

- Ana Isabel Buescu
O dote de uma infanta: o caso de Beatriz de Portugal (1504-1538), duquesa de Sabóia. Entre opulência e quotidiano

- Teresa Leonor M. Vale
De Roma para Lisboa no século XVIII. Aspectos específicos de uma viagem: a embalagem e o acondicionamento das obras de arte

- Mário Henriques Z. Cabeças
A importação de arte italiana em Portugal no tempo de D. João V: atribuição da tela da Assunção da Virgem do altar-mor da Sé de Elvas ao pintor Lorenzo Gramiccia (1702-1795)

II parte: Circulação de pessoas

- Susana Bastos Mateus
"Son diventati miei sudditi". Cristãos-novos portugueses entre Lisboa e Florença: o caso da família Ximenes de Aragão (sécs. XVI- XVII)

- Nunziatella Alessandrini
Carlo Antonio Paggi a Lisbona (1656-1666). Un approccio allo studio della relazioni diplomatiche fra Genova e il Portogallo

- Francisco Zamora Rodriguez
Florentinos em Lisboa e a sua intermediação nos cargos eclesiásticos portugueses nos finais do século XVII

- Marcella Aglietti
Circolazione delle élites tra Portogallo e Toscana nel secolo XVIII: modelli a confronto

III parte: Circulação de ideias

- Mariagrazia Russo
Oficinas de tradução no século XVI entre Roma e Lisboa

- Isabel Drumond Braga
Os Italianos e a Inquisição Portuguesa: os Homens, as Ideias e as Mercadorias (séculos XVI-XVII)

- Giuseppina Raggi
"Se padre Pozzi fosse all'Indie". Filippo Terzi a Andrea Pozzo: antecedentes da afeição da cultura portuguesa pela quadratura

- Gaetano Sabatini
Circolazione di idee e progetti di riforma economica tra Lisbona e Napoli al principio del XVII secolo



Preço: 13 euros

Apostilas a António Luís



Encomendar

+ António Guimarães Pinto e António Manuel Lopes de Andrade

António Luís foi sempre uma figura pouco estudada, não obstante ser autor de uma obra significativa, em grande medida pela dificuldade que a sua expressão arrevesada colocava a quem quisesse adentar-se na obra deste médico cristão-novo, totalmente redigida em Latim. Neste volume procura-se aquilatar-se - antes de mais, mediante a apresentação de escritos seus - o valor intrínseco do autor dentro do quadro do Humanismo português, sobretudo nas relações literárias que estabeleceu com três vultos notáveis pertencentes à sua roda intelectual: João de Barros, António Pinheiro e Rodrigo Sánchez

+ Índice

Prefácio...........................................................9

Introdução........................................................15

Textos

1. Carta de Rodrigo Sánchez a António Luís........................69

2. Carta dedicatória a João de Barros do Enchiridion.................79

3. De pudore...................................107

4. Prefácio aos Cinco Livros das Propriedades Ocultas, de António Luís..........................................197

5. Carta dedicatória a João de Barros do livro De re medica, de António Luís.....................................205

6. Dedicatória de António Luís a João de Barros da tradução latina dos Comentários de S. Cirilo de Alexandria ao profeta Isaías...............................................215

7. Dedicatória de António Luís a António Pinheiro de duas "declamações" de Libânio....................................237

8. Diálogo da viciosa vergonha de João de Barros.......................................247

Preço: 13 euros

A Comuna Judaica de Leiria. Das origens à expulsão



Encomendar

+ GOMES, Saul António

Saul António Gomes.
Doutor em Letras pela Universidade de Coimbra, na especialidade de História Medieval, com a tese In limine conscriptionis. Documentos, chancelaria e cultura no Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra. Séculos XII a XIV (editada em 2007). Professor Associado com Agregação da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e investigador integrado do Centro de História da Sociedade e da Cultura da Universidade de Coimbra, colaborador do Centro de História Religiosa da Universidade Católica Portuguesa e sócio correspondente da Academia Portuguesa da História, tem leccionado disciplinas tais como Paleografia Moderna, História dos Descobrimentos, Património Histórico, Artístico e Museologia, Codicologia e Sigilografia.
Muita da sua investigação tem vindo a ser dedicada a áreas históricas como a Diplomática, a Sigilografia, a História Monástica, a História Medieval de Portugal e a História Local, sobretudo a da Região de Leiria. Foi coordenador científico do Colóquio "Coimbra Judaica" (2008). Publicou, entre outros e para além de várias dezenas de estudos e artigos, em parte dedicados à problemática judaica portuguesa, os seguintes livros: O Mosteiro de Santa Maria da Vitória no Século XV (1990), Vésperas Batalhinas. Estudos de História e Arte (1997), Introdução à História do Castelo de Leiria (2ª ed., 2004), Porto de Mós. Colectânea Histórica e Documental (2005), A. Afonso V, o Africano (2008), Introdução à Sigilografia Portuguesa (2008), Imago et auctoritas - selos medievais da chancelaria de Santa Maria de Alcobaça (2008), Notícias e Memórias Paroquiais Setecentistas,Vol. 8, Leiria e Golpilheira Medieval (2009).


+ Índice

1. Introdução
2. Fundação da Judiaria e sua topografia
3. Infra-estruturas urbanas
4. População
5. A antroponímia judaica local
6. Personalidade jurídica da comuna e administração
7. Vida económica e rendas da Judiaria
8. Sociedade e vida quotidiana
9. Cultura e conversões ao Cristianismo
10. Expulsão e sobrevivências
Documentos


Preço: 13 euros

 

 
© 2006-2017 Cátedra de Estudos Sefarditas "Alberto Benveniste"       Última actualização: 18.jul.2017       Desenvolvimento: VitralDigital         HTML 4.01   CSS   WAI AA