Logotipo da Cáetdra Cátedra de Estudos Sefarditas
Alberto Benveniste

Universidade de Lisboa

Cátedra de Estudos Sefarditas
Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
Alameda da Universidade
1600-214 Lisboa
Telef. +351 21 792 00 00 (ext. 317)
cesab@letras.ulisboa.pt

Cátedra "Alberto Benveniste" » Agenda e notícias » Congresso Internacional «Diásporas, Identidade e Globalização»

Congresso Internacional «Diásporas, Identidade e Globalização»


Bragança 19, 20 e 21 de Junho de 2019

Integrado no Terra(s) de Sefarad 2019
Nos finais dos séculos XV e XVI, as comunidades judaicas sefarditas, ainda na Península Ibérica, viram-se obrigadas a um vasto grupo de adaptações resultantes da intolerância e da perseguição. A fuga, quando possível, foi muitas vezes a opção, tendo sido obrigados a correr mundo, a buscar sustento e sobrevivência em paragens muitas vezes distantes.
Esta fuga coincide, é alimentada e alimenta-se, da chamada “Abertura do Mundo”, da chegada a novos continentes e a novas culturas. Em poucas gerações, as famílias judias que antes viviam na Península Ibérica ganharão uma dimensão diaspórica em que os seus elementos podem estar espalhados por diversos lugares do globo.
A identidade judaica irá ser refeita em novos espaços, mas nunca ficando confinada a eles de forma irredutível – “sefarad” será sempre um horizonte quase mítico. A identidade terá essa marca da fuga, da necessidade de, a qualquer momento, ter de sair, de fugir. A diáspora será, para estas populações, uma identidade que marca a noção de cosmopolitismo que hoje temos: a vida transnacional, os contactos internacionais, o estabelecimento de redes.
Desta forma, não apenas estamos perante um quadro relativo a uma identidade própria, mas sim perante uma forma de estar no mundo, de o conceber, que é a matriz da própria modernidade.
Trazer o Terras de Sefarad para esta temática é ligar o mais distante deste passado colectivo ao mais vertiginoso do presente: o equacionar de uma identidade que, longe de ser estática, é-o em mudança e se recria na própria instabilidade, procurando constantemente ferramentas para a sua sobrevivência.
«Diásporas, Identidade e Globalização» é o que hoje nos é pedido a todos, cidadãos de um mundo interligado, onde as mais valias se somam no quadro de valorização do global na sua relação com o local, o “glocal”, numa tensão criadora que gera a novidade.



ESTRUTURA/ORGANIZAÇÃO

Entidade Promotora: Município de Bragança
Coordenação científica: Cátedra de Estudos Sefarditas «Alberto Benveniste» da Universidade de Lisboa
Parceiro: Centro de Línguas, Literaturas e Culturas da Universidade de Aveiro
Comissão Científica: Maria de Fátima Dias dos Reis (Presidente)
Comissão Organizadora: Paulo Mendes Pinto (coord.), Susana Milão, José António Caria Mendes e Inês Nogueiro.


 

 
© 2006-2019 Cátedra de Estudos Sefarditas "Alberto Benveniste"       Última actualização: 2.jan.2019       Desenvolvimento: VitralDigital         HTML 4.01   CSS   WAI AA